CURSO BÁSICO DE VIOLÃO – ESCALAS MUSICAIS

A palavra Escala Musical, originaria do latim, significa escada e compõem a estrutura básica para a construção musical. Definida como uma sequência ordenada de notas conforme a sua frequência, as escalas têm como função organizar os sons musicais. Dessa forma fica mais fácil tocar as notas musicais, já que as mesmas são dispostas em ordem crescente, da mais grave para a mais aguda.

 

CURSO DE VIOLÃO

Em 1953, estabeleceu-se internacionalmente que a nota central do piano, Nota Lá, corresponderia à frequência de 440 Hz, tornando essa nota referência para localizar todas às outras a partir das proporções de cada intervalo. Atualmente, a maioria dos instrumentos do mundo é afinada nesse padrão de referência, entretanto orquestras do Brasil e grande parte da Europa, por exemplo, usam o Lá 442 Hz como referência.

 

CURSO BÁSICO DE VIOLÃO

Várias culturas do mundo definiram e utilizaram grande variedade de escalas musicais. Os gregos utilizavam uma escala musical com cinco notas, que também foi utilizada pelos escoceses e chineses.  A música árabe utiliza uma escala com 16 notas e a música indiana, com 22 notas e só na música clássica são empregadas mais de 70 escalas diferentes. Na música ocidental, o sistema de escalas foi readaptado e definido ao longo dos anos até chegar a uma organização mais homogênea.

ESCALA PENTATÔNICA

A Escala Pentatônica é um tipo primitivo de escala e é caracterizada por ter apenas cinco notas em sua estrutura. Existe várias escalas pentatônicas e elas são  de pouca força tonal e sonoridade mais fechada, sem muita abertura.

C  G  D  A  EPentatônica maior de Dó ou Pentatônica m7 de Lá.

 

ESCALA DIATÔNICA

A Escala Diatônica é formada por sete notas em sua estrutura com sucessão de oito sons conjuntos. O nome “diatônica” significa “movimentar-se pela tônica”, ou seja, pela nota de referência,  a nota que define o tom da música. Assim, a escala diatônica são as sete notas naturais mais a repetição da nota tônica.

CDEF – GABC

ESCALA CROMÁTICA

A Escala Cromática foi criada pelos ocidentais e é formada pelas sete notas naturais e cinco notas acidentadas, totalizando 12 sons. Os acidentes musicais são o sustenido “#” e o bemol “b”, que são utilizados na notação musical para modificar a altura das notas.

 

C C# D D# E F F# G G# A A# B

Todas as notas em sequência formam a escala cromática.

Existem vários tipos de escala musical e cada tipo possui uma sonoridade específica que caracteriza uma identidade sonora distinta. Por isso, é importante conhecer os vários tipos de escala para ampliar as possibilidades sonoras em diferentes estilos musicais e expressar as intenções e sentimentos que caracterizam aquela sonoridade.

 

 

Veja também “CURSO DE VIOLÃO – ENTENDENDO OS ACORDES MUSICAIS”.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK! INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL, COMPARTILHE COMO OS AMIGOS!

danieldarezzo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *