DICAS PARA FAZER ARPEJOS NO VIOLÃO

Você já deve ter lido ou ouvido falar de arpejos e provavelmente não ficou muito certo do que realmente quer dizer isso. Se você não sabe o que são arpejos ou como fazê-los não se preocupe, você não está sozinho. Por isso, hoje vamos simplificar ao máximo isso para você com dicas para fazer arpejos no violão. Não perca!

Arpejo é um conceito universal que vale para todos os tipos de instrumentos e diz respeito a uma das formas em que se toca um acorde. Mas, o que é arpejo?

 

O  QUE É ARPEJO?

O arpejo é produzido quando as notas de um determinado acorde são tocadas de forma sucessiva, uma atrás da outra, ou seja, as notas são tocadas individualmente, uma de cada vez. Por exemplo, quando tocamos as notas do acorde de Dó maior separadamente, sequenciadas em ordem definida ou aleatória, tocando nota a nota, teremos um arpejo de Dó maior. Os arpejos podem ocorrer em quaisquer acordes, sejam eles maiores, menores, com sétima, aumentados, diminutos e etc. Todos eles podem ensejar que toquemos suas notas sucessivamente ao invés de simultaneamente.

Em um acorde: tocamos todas as notas que compõem o acorde ao mesmo tempo;

Em um arpejo: tocamos todas as notas que compõem o acorde uma de cada vez.

O arpejo pode ser simples ou composto:

Simples: Tocam-se apenas as três últimas notas do acorde.

Composto: Tocam-se todas as notas do acorde.

 

acordes maiores

DICAS PARA FAZER ARPEJOS NO VIOLÃO

Para fazer um arpejo no violão é preciso montar um acorde e tocar as nota de cada vez, sem deixa soar o som da nota que tocou anteriormente durante a execução. Pode-se fazer os mesmos arpejos utilizando uma nota por corda ou utilizando mais de uma nota por corda como se fosse uma escala. Pode-se também deixar o arpejo mais agudo ou mais grave e até mesmo inverter a sequência de notas, contudo para fazer arpejos no violão é preciso primeiramente saber algumas técnicas que serão essenciais para facilitar a execução dos arpejos.

1º: É preciso ter um bom conhecimento do braço do violão e notas. Aprenda as notas de cada corda quando você as toca sem pressioná-las em alguma casa. Encontre todas as notas maiores da primeira corda, memorize as notas da primeira corda e só depois faça o mesmo para cada corda.

2º: Procure conhecer, entender e treinar a escala cromática.  Identifique as notas bemóis e sustenidos no braço do violão. Treine bastante a execução das escalas musicais.

3º: Pratique o uso da palheta para tocar violão, identificando quando deve tocar as cordas para baixo ou para cima. Procure movimentar os dedos e não o punho na hora de executá-lo e a não deixar a palheta muito presa aos dedos, tocando suavemente.

Se você conhecer as notas, escalas e souber como montar acordes em qualquer local do braço violão, não terá grandes dificuldades na hora de fazer os arpejos. Portanto, estude e pratique bastante!!!

Veja também “COMO EVOLUIR NO VIOLÃO”.

Deixe seu comentário, dicas e sugestões. Pesquise em nosso Blog e compartilhe com os amigos. Curta nossa página no Facebook!

danieldarezzo

4 Comments

  1. Daniel muito boa esta aula, bem simplificada e de fácil entendimento. Estarei dando uma aula sobre o assunto e esta aula me ajudou bastante muito obrigado.

  2. Obrigado! Ficamos felizes em ajudar! Continue conectado no Blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *