DICAS SOBRE PESTANA NO VIOLÃO

Fazer pestana no violão é sem dúvida é uma das maiores dificuldades dos iniciantes, e no caso muitos até pensam em desistir quando chegam nessa parte do estudo por acharem que nunca vão conseguir. Afinal a pestana tem sido responsável por alguns dos maiores traumas no estudo de instrumentos de corda em geral, sem falar na dor e na demora em trocar de acorde quando aparece uma pestana pela frente. O que talvez você não saiba é que existem vários macetes que podem te ajudar a fazer as pestanas com mais facilidade e por isso separamos algumas dicas que vão te ajudar a melhorar. Confira!

A pestana é aquela peça de plástico que fica perto da mão do violão, localizada bem no início do braço do violão antes da primeira casa e é responsável pela fixação das cordas em um local pré-definido, separando as cordas horizontalmente e para facilitar a troca de acordes.

 

PESTANA NO VIOLÃO

FAZER PESTANAS NO VIOLÃO E OS CUIDADOS NECESSÁRIOS 

Podemos reproduzir o efeito da pestana em qualquer casa do violão usando o dedo indicador da mão esquerda. Para isso basta pressionar bem forte todas as cordas ou “algumas delas” para obter a sonoridade desejada.

 

APRENDENDO A FAZER PESTANAS NO VIOLÃO

Mas é preciso ter alguns cuidados, pois muitos que estão começando acham que ao fazer os acordes difíceis no violão é preciso aplicar força na mão e por conta disso acabam reclamando de dores e podendo até mesmo sofre lesões como tendinite. Normalmente, quando estamos iniciando o treinamento de pestanas no violão, os músculos envolvidos no processo não estão desenvolvidos o suficiente para realizar o trabalho e acabam prejudicando o som e doendo. O que você pode fazer para evitar estes problemas é alongar e aquecer sempre antes e depois de tocar para que tenha o preparo físico correto para os esforços que fará ao tocar constantemente.

DICAS PARA MELHORAR AS PESTANAS

É interessante anotar as dicas em seu caderno de estudos e sempre que possível relembrar.

1º: As pestanas não são necessariamente feitas até a sexta corda. Por isso, sempre tenha o cuidado de tocar as cordas que fazem parte da formação dos acordes. Alguns acordes são feitos para serem tocados da sexta corda para baixo, outros da quinta para baixo, outros acordes apenas três cordas do instrumento, e assim por diante.

2º: Você pode usar qualquer dedo para fazer uma pestana, pois com qualquer dedo você pode apertar mais de uma corda do violão, entretanto se for um iniciante é aconselhável que comece pelo dedo indicador, pois talvez sinta bastante dificuldade de apertar as cordas com outros dedos, isso levando em consideração que já é difícil apertar as cordas corretamente com o indicador no início.

3º: A maioria das pessoas que tem dificuldade neste tipo de acorde possui algum tipo de erro de postura. Isso mesmo! Corrigir a postura ao tocar é meio caminho andado para que você acerte o aperto e o som dos acordes com pestanas.

4º: Muitas pessoas tentam fazer acordes como pestana apertando as cordas com a parte de trás do dedo indicador, mas na verdade você deve usar a parte diagonal do dedo para ter mais força e conseguir apertar melhor as cordas.

5º: Não se desespere no início, pois é realmente normal tirar um som sujo do violão fazendo pestanas nas primeiras semanas e/ou meses. O que você deve fazer é continuar sempre estudando bastante músicas que tenham este tipo de acorde.

Seguindo essas dicas e estudando diariamente, com certeza em pouco tempo você irá progredir, conseguirá fazer esses acordes com facilidade e tocar músicas com eles.

Veja também “O QUE É COMPASSO MUSICAL E COMO USÁ-LO”.

Deixe seu comentário, dicas e dúvidas! Compartilhe com os amigos, curta nossa página no Facebook!

danieldarezzo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *