O QUE É HARMÔNICO NATURAL?

Em algumas músicas é utilizada uma técnica que chama a atenção de todos os que apreciam os solos do violão, são os harmônicos.  Os harmônicos são fundamentais para explorar novos timbres e novas séries de notas musicais. Por isso, hoje vamos entender o que é harmônico natural. Não Perca!

Antes mesmo de entender o que é um harmônico natural precisamos compreender o que é um harmônico.

A ciência musical nos fala que os sons produzidos por instrumentos musicais são compostos por outros sons chamados de harmônicos. Quando a corda de um instrumento vibra, ela produz diferentes modos de vibração, os quais vibram ao mesmo tempo gerando os harmônicos. Meio confuso?  Continue lendo para entender melhor.

 

 SÉRIE HARMÔNICA

Quando uma corda vibra, ela vibra em toda a sua extensão e produz som.  Veja na figura abaixo:

 

HARMÔNICOS

Ao mesmo tempo essa corda vibra em duas partes e assim emite um som com o dobro da frequência da uma corda solta, ou seja, ela vibra muito mais por segundo. Observe a figura abaixo.

 

HARMÔNICOS

Essa corda também pode vibrar em três, quatro, cinco, seis e várias partes, e cada uma dessas vibrações emitem sons com frequências diferentes, cada vez mais agudas.  Veja na figura abaixo.

 

HARMÔNICOS

Dessa forma, ao tocarmos uma nota no violão, essa nota é composta por uma mistura de vários sons com frequências diferentes, ou seja, com diferente velocidade de vibração a cada segundo. Cada um desses sons é um harmônico. Observe a figura abaixo a vibração total da corda com a soma das partes.

 

HARMÔNICOS NATURAIS

É possível tocar e ouvir apenas um harmônico de cada vez através dos harmônicos naturais e harmônicos artificiais.

O QUE É HARMÔNICO NATURAL?

Os harmônicos naturais são uma alternativa interessante para quem busca um som diferenciado. Consiste em tocar qualquer corda solta e em seguida posicionar levemente o dedo indicador da mão direita sobre um determinado traste do violão, sem pressionar a corda.

Normalmente ao fazer isso o som produzido será um pouco mais agudo do que a nota original, pois você estará interferindo na oscilação natural da corda, ocasionando uma nova vibração e consequentemente um novo som.

 

HARMONICOS

Existem harmônicos naturais em toda a extensão da corda e podem ser tocados em qualquer ponto. É possível tocar os harmônicos naturais com mais facilidade na 12ª, 7ª e 5ª casa do braço do violão. Os harmônicos naturais mais difíceis de tocar encontram-se na 3ª, 4ª e 9ª casa.

HARMÔNICOS NATURAIS NA PRÁTICA

Muitas vezes só a teoria nos deixa um pouco confusos, portanto, vamos visualizar e ouvir separadamente cada vibração da corda usando o recurso do harmônico natural na prática. Siga o passo a passo abaixo.

1º: Toque qualquer corda solta e observe como ela vibra em toda a sua extensão. Faça isso em várias partes do braço do violão. Você irá perceber que os pontos próximos onde a corda é fixada a vibração é quase imperceptível e que no meio da corda a vibração tem a maior amplitude, ou seja, maior intensidade sonora, como na Figura 1 acima. O som produzido é o som fundamental, também chamado de primeiro harmônico.

2º: Encoste, sem pressionar, o dedo da mão esquerda em cima do traste 12 e toque a corda. Nesse ponto não é possível observar a vibração da corda, mas é possível ver que ela se divide em duas partes, como mostra na Figura 2. O som é oitava acima, do segundo harmônico.

3º: Encoste, sem pressionar, o dedo da mão esquerda em cima do traste 7 e toque a corda. Você irá perceber que nesse ponto não é possível observar a vibração da corda, mas é possível percebe que ela se divide em 3 partes, como na Figura 3 acima. O som é chamado de terceiro harmônico.

 

violao harmonicos

4º: Encoste, sem pressionar, o dedo da mão esquerda em cima do traste 5 e toque a corda. Nesse ponto é possível observar a corda se dividindo em 4 partes, como mostra na Figura 4. O som é chamado de  quarto harmônico.

5º: Encoste, sem pressionar, o dedo da mão esquerda um pouquinho antes do traste 4  e toque a corda.  Observe que a corda se divide em 5 partes, como na Figura 5 acima. O som é chamado de quinto harmônico.

Você poderá continuar fazendo o mesmo processo e dividindo a corda em várias partes, assim irá obter sons cada vez mais agudos e com volume cada vez mais baixo. Você vai perceber que os harmônicos da casa 1 e 2 são bastante difíceis de serem escutados, pois eles são muito agudos.

Veremos sobre Harmônico Artificial no próximo post. Até lá!

Veja também “ACORDES COM NÚMEROS”.

Deixe seu comentário, dicas e sugestões. Pesquise em nosso Blog e compartilhe com os amigos. Curta nossa página no Facebook!

 

danieldarezzo

One Comment

  1. ola estou gostando muito , suas explicações e show de bola bastante claro facilita a compreensão de quem esta tentando aprender

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *